Área do Assinante
Cadastre-se

Olá Visitante, Seja Bem-Vindo.

Notícias
Enviar por e-mail Compartilhar Imprimir

07/11/2016 - 23:05  |  Selva Amazônica

Floresta, água, aventura, conforto e bem estar

Aventura, pesca esportiva, focagem de jacaré e conforto no meio da selva, essa combinação você vai encontrar no meio da floresta. São alojamentos de selva construídos em áreas privilegiadas, em estilos bem regionais, seguro em integração com a natureza e fica bem perto de Manaus – Amazonas-Brasil. Veja no site www.mabtourviagens.com e escolha o seu pacote.
Mário Oliveira

A floresta Amazônica está situada na parte norte da América do Sul, com uma extensão de aproximadamente 7 mil quilômetros quadrados, distribuídos por territórios do Brasil, Venezuela, Colômbia, Peru, Bolívia, Equador, Suriname, Guiana e Guiana Francesa. Porém, a maior parte da floresta está presente em território brasileiro, abrangendo os estados do Amazonas, Amapá, Rondônia, Acre, Pará e Roraima. Em função da sua rica biodiversidade, é considerada uma das mais importantes florestas tropicais do mundo. 

 
Flora e fauna - A grande maioria das espécies desta floresta vive nas árvores e são de pequeno e médio porte, como macacos, cobras, tucanos, pica-paus, roedores, morcegos entre outros. Os rios que cortam a floresta amazônica (rio amazonas e seus afluentes) são repletos de diversas espécies de peixes. A sua flora conta uma a vitória-régia, planta aquática típica da região Amazônica. Possui uma grande folha em forma de círculo, que fica sobre a superfície da água  e pode chegar até 2,5 metros de diâmetro e suportar até 40 quilos se forem bem distribuídos em sua superfície. 
 
 

Pesca Esportiva
 
O verão começa na Amazônia quando o sudeste do País passa a enfrentar o inverno. De junho a novembro, o sol aparece com frequência muito maior que a chuva. Porém, os rios estão cheios e os ribeirinhos consideram a pesca mais difícil. 
 
Já na época da vazante – entre setembro e março – os rios começam a mostrar as praias antes escondidas pela água. Isso significa que é possível começar a organizar agora a pescaria que será feita de setembro em diante nos municípios da calha do Rio Negro, onde a região de Barcelos tem um destaque especial na pesca do tucunaré devido à fama dos peixes gigantes pescados no local. 
 
Há quem diga que o tucunaré recordista mundial de tamanho e peso foi capturado em Barcelos. Porém não é só no alto Rio Negro. Todo o Amazonas é uma imensa bacia piscosa onde existem pelo menos duas mil espécies de peixes. Na calha do Rio Negro as espécies mais abundantes são o aruanã, matrinxã, tambaqui, cachorra, piraíba, pirarara, jaú e dourado. Outro diferencial do Rio Negro é que o índice de acidez de suas águas inibe a proliferação de insetos, fato que se traduz numa pescaria mais confortável.
 
A pesca esportiva é praticada também no rio Roosevelt, em Manicoré e Silves, Parintins, Maués, Autazes, Careiro Castanho, São Sebastião do Uatumã e lagos de Presidente Figueiredo, que inclusive tem um festival de pesca que se realiza todos os anos. A pesca esportiva no Amazonas já ultrapassou o estágio de atividade de lazer e tem se tornado importante para a economia local, tanto que o segmento já desenvolveu uma estrutura própria para atendimento aos turistas como uma rede de hotéis, barcos, agências e operadoras de pesca. 
 
A pesca esportiva de piranha e pirarucu também pode fazer parte do seu roteiro. Sem precisar de muita sorte, é possível fisgar peixes de até 80 quilos. Quem não quiser ter trabalho, o restaurante flutuante que fica à entrada da reserva é uma boa parada para descansar e provar o jaraqui (peixe fresco amazonense) com baião de dois, tucupi e farinha d’água.
 
Se o passeio durar até o cair da tarde, a observação de jacarés é um programa acertado. A bordo de uma canoa, o guia foca os olhos do animal com uma lanterna, aproxima-se dele em silêncio e o captura com as próprias mãos, sem qualquer tipo de proteção. Venha. Experimente!
 
Deixe seu Comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:

Acompanhe

nas Redes Sociais

Viaje pelo Amazonas

Edifício Millennium – Torre Business – Sala Nº 1808 Av. Djalma Batista, 1661 – Chapada - Manaus - AM

CEP: 69050-010

© 2016 Viaje pelo Amazonas. Todos os direitos reservados.